Você analisa seus dados comerciais? Tem noção dos números dentro de cada etapa do seu processo comercial e o que eles significam para o seu negócio? Sabe como ter esse conhecimento influencia diretamente no seu resultado final?

Pois é. Em terra de vendas, quem tem dados em mãos é rei (risos).

Analisar dados é algo imprescindível para fazer uma empresa crescer. É a maneira correta, na verdade. E, cá entre nós, a última coisa que você quer, no cenário atual, é ficar pra trás quando o assunto é crescimento dentro de um mercado que, de forma geral, é tão competitivo e imprevisível, concorda?

Dessa maneira, depois de se compreender que a análise de dados é a chave para tomadas de decisões mais assertivas, previsibilidade dentro do processo comercial e possibilidade de escalar o mesmo, a preocupação se torna outra: qual a melhor ferramenta para fazer isso?

Sabemos que as mais conhecidas no mercado são o Power BI e o Data Studio, mas o que os diferencia? Quais as características de cada um? Quais seus devidos objetivos? Qual é a melhor opção para o seu negócio?

Calma que todas essas perguntas eu vou te responder agora!

Neste artigo vamos falar um pouquinho sobre:

  • O que é e qual a importância da análise de dados?
  • Por que uma ferramenta de análise de dados é importante?
  • Sobre o Power BI;
  • Sobre o Data Studio;
  • Power BI vs Data Studio;
  • Qual é a melhor ferramenta de análise de dados para o seu negócio?

Vamos lá?

O que é e qual a importância da análise de dados?

Analisar dados trata-se de reunir todos os números resultantes das etapas de um processo comercial (em um ou mais período(s) de tempo) em um único local, com o objetivo de se compreender, comparar e tirar conclusões sobre o desenvolvimento e produtividade dos seus vendedores e do processo como um todo.

O nome já diz tudo: é olhar para os dados recolhidos e entender o que eles significam pro negócio.

Dessa maneira, por meio de uma cultura comercial data driven (ou orientada a dados) torna-se possível identificar gaps que estão atrapalhando o andamento da carruagem e o que está dando certo para ela andar. E a partir daí, a gestão fica assertiva, certeira, pois as tomadas de decisões tem fundamento através desses números e seus significados.

Percebe a preciosidade disso?

Assertividade é o segredo por trás de uma gestão constante e eficiente e isso se torna possível quando você sai dos “achismos” e entende o que realmente está acontecendo dentro da sua máquina de vendas, o que só é possível através de fatos, ou, nesse caso, dados, números, gráficos, etc.

Na verdade, não tem muito segredo aqui. Não trabalhar a partir do que os dados te dizem é como dirigir um carro de noite com os faróis apagados e você não sabe de onde está vindo ou qual é o seu destino final. É sério.

Por que uma ferramenta de análise de dados é importante?

Nos dias atuais, não é segredo pra ninguém que a tecnologia é a melhor amiga do homem.

Tudo ficou mais fácil: comer, beber, andar, passear, dormir, comprar, vender, se relacionar… literalmente tudo é feito através da tecnologia, ultimamente.

No mundo das vendas não é diferente. Se você quer escalar seu processo comercial, a tecnologia vai te ajudar. Se você quer vender mais e melhor, a tecnologia vai te ajudar. Se você quer ver o que está dando certo ou não no seu negócio, a tecnologia vai te ajudar. E a ferramenta de análise de dados entra em todas essas categorias.

Só o fato de você conseguir reunir essas informações em um só lugar, com uma dashboard amigável e entendível, fica mais fácil tirar essas conclusões e apresentá-las para outras pessoas que possam ter interesse nas mesmas.

E é por isso que escolher uma ferramenta ideal para o seu negócio e o objetivo do mesmo é fundamental para uma boa análise.

Sobre o Power BI

Chamamos de Power BI o conjunto de funcionalidades de negócios dentro da nuvem da Microsoft que reúne os números brutos de uma operação e os transforma em informações importantes para a gestão tirar conclusões e tomar decisões.

Assim também, vale ressaltar aqui que essas informações podem ser visualizadas por meio de relatórios, gráficos, painéis e aplicativos que podem ser compartilhados.

Finalmente, o Power BI fornece recursos muito interessantes como os de autoatendimento e o de possibilidade de implantação da ferramenta na nuvem ou em plataformas locais.

Vantagens do Power BI

Segundo o artigo da RockApps, alguns das vantagens muito atrativas da ferramenta do Power BI são:

#1: Possibilidade de importação de dados de variadas fontes diferentes;

#2: Grande variedade de visualizações personalizadas para desenvolvedores e suas necessidades respectivas, contando com KPIs, mapas, tabelas, gráficos...

#3: Possibilidade de se adicionar os relatórios e visualizações da ferramenta a e-mails ou sites por meio do Power BI Embedded;

#4: Poder selecionar, filtrar, colocar esses dados em um relatório ou painel e passar isso para o Excel, o que ajuda usuários a visualizar e trabalhar com tais dados;

#5: Utilizar do Personal Getaway juntamente com o Power BI com o objetivo de autenticar fontes de dados dentro e fora do firewall;

#6: Centralização de todos os dados que você importa, mesmo que de fontes diferentes, em um só lugar, podendo os acessar a qualquer hora, em qualquer plataforma;

#7: Visualização muito amigável e intuitiva.

Desvantagens do Power BI

Nem só de coisa boa vive o homem, risos. Então, vamos ver agora o que não é tão legal sobre a ferramenta:

#1: Se for necessário relacionar tabelas de forma complexa, ou seja, se houver mais de um vínculo, o Power BI não consegue lidar tão bem com as mesmas;

#2: Interface cheia e volumosa para o usuário;

#3: A linguagem de expressão do Power BI é DAX, que não é o idioma mais fácil do mundo, colaborando com que as fórmulas sejam, essencialmente, mais complexas e rígidas;

#4: Além de ser mais complexo e complicado de dominar, ou seja, sua usabilidade exige certo estudo, a ferramenta também não possui muitas opções de personalização da visualização desses gráficos, indicadores, números, etc.

#5: Apresenta limite de ingestão de dados por vez (2 GB de dados).

Sobre o Data Studio

De acordo com a Hevo, o Google Data Studio é uma ferramenta de inteligência do Google que pode ser acessada e utilizada de maneira virtual e garante uma interface intuitiva que contribui com a exploração e consequentes insights preciosos.

Além de fornecer funcionalidades programas para organizar e trabalhar com dados atualizados, a ferramenta foi montada em cima da tecnologia Google, o que garante a integração com fontes de dados inseridos dentro do seu ecossistema, tais como: Google Analytics, Google Sheets, etc.

Mas, não se engane! A ferramenta também permite a importação desses dados advindos de outras fontes fora do ecossistema Google, o que é muito positivo.

Vantagens do Data Studio

Aqui estão algumas das vantagens do Data Studio que podem ser citadas:

#1: É um serviço Cloud-based, ou seja, está tudo na nuvem, além da ferramenta ser totalmente gerenciada pelo Google, o que significa que não é de responsabilidade do usuário as instalações ou infraestrutura;

#2: Fácil usabilidade para qualquer indivíduo que já tenha conhecimento das demais ferramentas Google;

#3: O acesso à dashboards e interfaces, além do compartilhamento das mesmas é super facilitado, por conta da tecnologia, além de ser gratuito.

#4: Live Connection, que significa que as atualizações de relatórios são automatizadas de acordo com a adição ou retirada de novos dados.

Desvantagens do Data Studio

São essas as limitações do Google Data Studio:

#1: Ausência de atualização automática das dashboards, apesar da funcionalidade de Live Connection;

#2: Sem suporte para integração com Excel;

#3: Problemas de lentidão por causa do Live Connection;

#4: Não há a possibilidade de se utilizar um servidor, o que é bem negativo para empresas com alta necessidade de proteção de dados;

#5: Ausência de um suporte conector nativo para fontes de dados que estão na nuvem;

#6: Não há a possibilidade de visualizações personalizadas.

Power BI vs Data Studio: o que diferencia?

Pra começar, ambas ferramentas possibilitam a criação de dashboards com muitas informações necessárias demonstradas em estatísticas, gráficos, indicadores, etc., de acordo com os interesses, objetivos e necessidades do seu negócio, ou seja, são totalmente personalizáveis.

Mas e quanto às diferenças entre ambas?

Bom, vamos lá. A principal diferença entre o Power BI e o Google Data Studio é que o segundo é gratuito em sua totalidade, ou seja, todas suas funções podem ser utilizadas sem necessidade de um investimento no mesmo.

Já o Power BI, apesar de ser gratuito quando falamos de grande parte de suas funções, ainda assim necessita de investimento em algumas funcionalidades, tal como o compartilhamento da dashboard com outros indivíduos.

Além disso, é importante ressaltar que pelo fato do Data Studio não representar uma receita para o Google, pois sua usabilidade é, de fato, gratuita, o investimento em melhorias, atualizações ou funcionalidades já existentes é bem menos frequente que o investimento na ferramenta do Power BI e todas suas nuances.

Dessa maneira, a busca pelos termos envolvendo Power BI é bem maior, principalmente pelo fato de, por causa desse investimento constante, suas funções são bem mais “amigáveis” ao usuário.

Isso pode ser observado na pesquisa feita pela empresa Hashtag Treinamentos, onde eles apresentaram através de números de pesquisas da rede social profissional Linkedin, que a quantidade de empresas buscando por profissionais com conhecimento de Power BI é assustadoramente maior do que a busca por profissionais com o conhecimento em Data Studio (3.743 resultados em comparação com 138 indivíduos buscados em território nacional).

Por fim, por causa de toda pesquisa e interesse relacionados ao Power BI e os assuntos que o envolvem, é de se esperar que existam mais conteúdos sobre essa ferramenta online em comparação com o Data Studio, que é o caso. É muito mais fácil encontrar tutoriais, cursos e artigos sobre o Power BI por causa disso.

Afinal, qual é a melhor?

A resposta que eu tenho aqui pode ser meio distante do que você espera, mas é a verdade: depende.

A tomada de decisão entre essas duas ferramentas que podem ser muito valiosas para uma empresa vai depender inteiramente da realidade na qual o seu negócio se encontra, os seus objetivos com o uso da mesma e suas limitações quanto à ela.

Se o investimento em uma ferramenta não é algo que caiba no bolso ou faça sentido para o momento em que sua empresa está vivendo, então, olhar para o Data Studio pode sim, ser uma boa opção. Principalmente, quando sua necessidade pode ser solucionada com o básico.

Agora, se seu negócio necessita de uma ferramenta mais incrementada ou o investimento não pesa no seu bolso e tal investimento faz super sentido, então o Power BI é, com certeza, sua melhor opção.

Essa é a verdade nua e crua: só você, gestor, poderá, a partir da realidade do seu negócio, decidir qual das duas é a melhor para sua máquina de vendas.

Mas, acredite, vale muito a pena. Investir em análise de dados (monetariamente ou não) é a melhor forma de se entender de onde você vem, onde você está, como está sendo sua caminhada e para onde você quer ir. Tudo isso a partir de fatos, nada de achismos ou tiros no escuro.

Falando nisso, você sabia que agora o Nectar integra nativamente com o Power BI? Sim, é verdade, nós juntamos o melhor entre os dois mundos, risos.

Agora você consegue integrar os relatórios gerados do B.I. do Nectar
com o Power BI nativamente , ou seja, você consegue extrair e cruzar dados de forma mais rápida e otimizada entre as duas ferramentas, além de criar dashboards personalizadas e analisar métricas de maneira assertiva!

Quer saber mais sobre? Então, dá uma olhada bem aqui!

E aí? Te ajudei um pouquinho a se inteirar melhor sobre essas ferramentas importantíssimas? Já sabe qual é a melhor opção pra você?

Se sim, que ótimo! Boas vendas e me conta depois o que você achou! Se não, não se preocupe! Investir tempo e análise cuidadosa nessas decisões nunca é demais. Tenho certeza que você vai fazer a escolha certa! :)

Gostou do conteúdo desse artigo? Então, fala com a gente! Nós queremos muito te ouvir. Valeu por me acompanhar até aqui e até a próxima! 💛