/ Gestão e Estratégia

Como criar uma cultura organizacional e otimizar sua equipe

A cultura organizacional é um dos aspectos mais importantes de uma empresa. É graças a ela que os colaboradores ficam altamente motivados, envolvidos e engajados com o empreendimento, em diversos níveis. Além de diminuir a taxa de rotatividade, é uma maneira de ampliar a produtividade.

Para equipes que trabalham com metas, como a de vendas, é especialmente relevante. Quando é explorada do jeito certo, a empresa tem o crescimento favorecido. Junto dele, há um fortalecimento de imagem e de posicionamento no mercado.


Para saber como criar uma cultura organizacional, veja algumas dicas e aplique-as o quanto antes.

Desenvolva a missão e os valores

Todo negócio precisa ter um objetivo claro e que sirva para orientar as pessoas. Além disso, tem que trabalhar sobre valores específicos. Eles contribuem para que a tomada de decisão seja baseada em pontos distintos, como o trato ao cliente ou o posicionamento de mercado.

Se tais tópicos não forem definidos previamente, serão criados no cotidiano da empresa. E quando isso acontecer, ficará muito difícil manter o controle da questão, o que desvirtuará a cultura organizacional.

Para criar uma mensagem clara, eficiente e que ressoe do jeito certo, portanto, tudo começa pela definição de missão. Compreenda qual impacto é esperado para o negócio e como ele deseja se destacar.

Nos valores, considere quais são os princípios mais importantes que devem orientar a execução de atividades diversas. Ética, sustentabilidade e responsabilidade social são apenas alguns critérios que podem compor a “cartilha” de atuação.

Envolva as lideranças

Um dos erros comuns na hora de criar uma cultura organizacional é não envolver completamente as lideranças. É o que acontece quando a alta cúpula estrutura essa questão e apenas a repassa para os líderes e gerentes. Por sua vez, eles fazem uma transferência muito menos pessoal para os liderados.

A melhor forma de lidar com essa questão é trazer os líderes para perto e torná-los parte da mudança. Converse e veja o que eles têm a dizer sobre as equipes, as dificuldades e os pontos fortes. A partir dessa reunião, trabalhe a construção da cultura de uma forma colaborativa.

Não é possível atender a todos de maneira completa e simultânea. Contudo, o envolvimento inicial é determinante para que a cultura se propague nos variados níveis do empreendimento.

Tenha foco em metas

Para que a cultura seja aplicada facilmente, é oportuno ter o foco em metas. Ao estabelecer objetivos para a equipe, todos ficarão motivados e saberão como devem agir.

Para ter um retorno positivo, as metas precisam ser definidas e comunicadas de um jeito claro. Não podem restar dúvidas sobre o que será atingido, de modo que a aplicação da cultura seja direta.

Defina, por exemplo, valores que representem os interesses e os prazos de alcance. Não se esqueça de fazer uma comunicação clara, para que toda a equipe saiba disso.

Crie rituais

Na rotina do empreendimento, é comum que surjam alguns rituais. Eles servem para reforçar conceitos e práticas, inclusive da cultura organizacional. Criá-los, portanto, é um jeito de compor esse elemento.

Para a equipe de vendas, tal aspecto é ainda mais importante. Como os vendedores, normalmente, lidam com metas robustas, é preciso oferecer motivações diárias para manter o foco e a produtividade. Repassar as metas diariamente é um ritual, assim como fazer o reconhecimento periódico de quem se destaca.

Pequenas reuniões com análises de dados sobre ações anteriores e até o cuidado em oferecer promoções para os profissionais certos contam como rituais. Eventualmente, isso criará uma rotina na qual as pessoas podem confiar, se estabelecer e se apoiar. Como resultado, a cultura se torna mais forte.

Elabore treinamentos e workshops

Especialmente no ambiente de vendas, ter qualificação e preparação para lidar com problemas é essencial. Os funcionários precisam saber como vencer as objeções de vendas, ao mesmo tempo em que devem manter os valores sempre em mente.

Para tanto, o ideal é elaborar treinamentos e workshops. Logo após a criação da cultura organizacional, eles servirão para apresentá-la e para mostrar como ela deve ser executada.

A partir daí, o funcionamento será voltado para a capacitação juntamente aos resultados. Isso levará a um ganho de conhecimento ao mesmo tempo em que o fator cultural é explorado e fortalecido.

Reforce a cultura sempre que possível

Por ser um elemento tão importante, a cultura de uma organização não deve ficar somente no papel. Não se trata de uma etapa burocrática ou de algo que serve apenas de enfeite para os colaboradores.

É preciso que ela seja reforçada, explorada e colocada em prática em todos os momentos. O plano de comunicação interna, por exemplo, deve seguir esses aspectos para que a mensagem ganhe força progressiva.

Além disso, é fundamental tomar decisões baseadas em tais pontos. A contratação de novas pessoas é uma possibilidade, e o foco deve estar em encontrar candidatos com fit cultural. Da mesma forma, os rituais também servem para reforçar o elemento, o que garante o máximo aproveitamento das suas características.

Reveja a cultura periodicamente

De certo modo, esse recurso é a “personalidade” do negócio. Assim como acontece com as pessoas, não é viável mudar de valores ou de mentalidade a todo momento. Contudo, também não é interessante se manter apegado demais a algo que já não faz sentido.

Depois de criar a cultura organizacional e tê-la funcionando no empreendimento, faça avaliações periódicas. Verifique se ela ainda representa aquilo no que a empresa acredita, se trouxe os resultados esperados ou se tem sido modificada por não se encaixar no cotidiano do negócio.

A avaliação de desempenho serve para verificar se, em algum momento, é preciso fazer ajustes ou aperfeiçoamentos para que ela ganhe especial eficiência. Contudo, não se esqueça de que qualquer mudança, por menor que pareça, deve ser sempre comunicada, reforçada e explorada. Assim, todos poderão se integrar por meio desse recurso.

A cultura organizacional é determinante para o sucesso e crescimento do negócio. Com essas dicas, a sua elaboração ficará fácil e as boas consequências surgirão rapidamente!

Outro fator decisivo para a obtenção de resultados é a estruturação dos times. Por isso, veja como organizar a equipe de vendas e obtenha os melhores efeitos!