As estratégias de marketing devem ser implementadas conforme o planejamento de uma campanha publicitária e muitas empresas têm requerido a aplicação de hacking sales conforme se aprofundam na automação.

Esse modelo de divulgação da estratégia visa reunir técnicas e tecnologias mais eficientes, melhorando a conversão de leads em clientes.

Além disso, a proposta do hacking sales visa melhorar o aproveitamento das novas oportunidades que surgem continuamente, e são geradas a partir da aplicação dessa estratégia.

A ideia principal de qualquer campanha publicitária é aumentar as vendas de produtos e serviços, reforçar a marca junto ao mercado consumidor e atender os clientes da melhor forma possível.

Vale lembrar que, com a implementação da tecnologia, os hábitos de consumo da sociedade estão se ajustando a novas metodologias, ferramentas e até mesmo a aproximação entre empresa e cliente.

Trabalho conjunto com o Inbound marketing

A maximização dos resultados de uma boa estratégia de venda precisa ser aplicada conforme a alteração da percepção em como o consumidor enxerga o mercado, de uma forma geral.

Sendo assim, o hacking sale pode ser uma complementação da jornada de compra empreendida dentro do Inbound marketing, porém com a presença da tecnologia envolvida em todo o processo.

Para alavancar de forma qualitativa, as técnicas implementadas devem seguir as etapas que vislumbram o funil de vendas, porém com o Inbound marketing servindo como base, e assim promover um melhor relacionamento com o cliente e gerando algumas respostas como:

  • Atrair;
  • Converter;
  • Vender;
  • Encantar.

Para cada ponto, é possível somar a estratégia de hacking sale, como anunciar no Google Ads e aumentar o posicionamento do site na plataforma de busca.

Os anúncios são apresentados no topo e no rodapé das páginas que mostram os resultados, se destacando entre os demais e se tornando um ponto de referência quando se trata de assuntos em que se domina.

Utilizando essa metodologia é possível atrair um público-alvo de qualidade e melhorar a conversão dentro do funil de vendas quando o lead passa pelo topo do funil, demonstrando interesse na marca, no produto ou no serviço apresentado.

Isso confere mais inteligência dentro da campanha publicitária, otimização da verba disponível, além de proporcionar à equipe de vendas ferramentas e estratégias de forma mais eficiente e com mais dados para convencimento.

Exploração das redes sociais por um visionário

A captação de clientes de forma automatizada foi vislumbrada pelo profissional da área de marketing Max Altschuler, autor do livro “Hacking Sales: The Playbook for Build a High-velocity Sales Machine”, editado em 2015.

O que apresenta são mais de 70 técnicas que podem ser aplicadas para venda em alta velocidade a partir da automação do marketing.

Isso pode ser observado a partir da implementação de anúncios nas redes sociais, e como as estratégias propostas por essas plataformas digitais reúnem um grande número de leads, e como eles podem ser transformados em clientes de forma automatizada.

A propaganda exposta pela ferramenta disponível no Instagram Ads permite que uma postagem seja totalmente mecanizada, pronta para que o usuário dessa rede social, a partir de alguns cliques, tenha acesso a dados específicos sobre:

  • Estoque;
  • Prazo de entrega;
  • Preço;
  • Produto;

As técnicas propostas por Altschuler estão resumidas em quatro pontos presentes nos anúncios de redes sociais, pois elas tornam as equipes de vendas muito mais produtivas. Afinal, podem se concentrar em tarefas mais importantes, como atender bem um cliente.

Dessa forma, é possível que a equipe de marketing adicione outras responsabilidades no dia a dia, entenda como funciona o Facebook Ads e aplique a mesma estratégia para atingir um público segmentado, como a ferramenta permite.

Com isso, é possível fazer um mapeamento de toda a jornada de compra empreendida pelos leads, disponibilizando todas as informações básicas de forma automatizada.

Além disso, tudo que for possível ser direcionado para a automação de venda deve ser pensado dentro da estratégia de hacking sales, para que as equipes de marketing e de vendas tenham foco no que realmente é necessário.

Conclusão

Assim como a estratégia de inbound marketing, já citada e explicada, é possível explorar o Outbound marketing utilizando mídias tradicionais para empregar o hacking sale.

Como o Marketing Digital permite ajustes pontuais, é possível aplicar um QR code em anúncios de jornal ou revista, assim como as propagandas nos intervalos de programas de TV, para que as conversões sejam otimizadas.

Levar o cliente utilizando uma tecnologia acessível à loja virtual ou a um marketplace é fazer uma combinação apropriada de Inbound e Outbound marketing proposta, e de forma eficiente em relação ao que a tática de hacking sale proporciona, obtendo resultados ainda mais expressivos e qualificados.